• Lives Culturais

Abrir Galeria
FOTOS

DE LIVE EM LIVE…

Não há dúvida de que o ano de 2020 afetou e alterou a rotina dos diversos setores sociais e econômicos dos países, especialmente setores que dependem da presença ou participação de público, sendo um dos mais afetados o segmento da Cultura.

Além das dificuldades naturais por conta de uma geração sem muitas referências, o fato de não poder realizar os eventos deixou boa parte dos produtores e da produção cultural em sérias dificuldades. Assim, surgiu a Lei 14.017, de 29 de Junho de 2020, conhecida como Lei Aldir Blanc.

O objetivo aqui é deixar registrado este que foi um dos melhores momentos dos últimos anos, no que toca à variedade de manifestações culturais, à participação mesmo em tempos de Pandemia, e que, apesar de nunca se conseguir zerar os riscos, independente da situação e local, todos os cuidados foram tomados acerca da segurança  dos participantes.

O evento ocorreu no Colégio Estadual Tiradentes, situado na Rua Daniel Brito, município de Oliveira dos Brejinhos, estado da Bahia.


GALERIA DE IMAGENS

Com a palavra, a Secretaria de Cultura:

É possível dizer que não se vive do passado, se vive do presente e do futuro. Porém, para se compreender as transformações pelas quais a cultura de um povo tem passado no decorrer dos tempos, se faz necessário conhecer como era antes no início de sua construção. Há de se estabelecer parâmetros para se poder definir em que aspectos a cultura foi transformada e em que grau.
Acredita-se que, não se deve pregar o isolamento cultural, se fechando em guetos. O indivíduo deve estar aberto e receptível ao novo. Deve-se conhecer e experimentar as outras culturas como forma de valorizar a diversidade cultural dos povos e como enriquecimento cultural.
Supõe-se que, para conhecer e assimilar a história da construção da cultura de outros povos, deve-se primeiro conhecer a história da própria cultura, saber como se deu essa construção e como foi o processo de evolução e desenvolvimento da mesma. Só assim, pode-se conhecer e entender as demais culturas. Conhecendo a própria cultura, o indivíduo compreenderá a importância de mantê-la viva na memória, protegê-la e valorizar a cultura como forma de preservar o que somos, nossas características, nossa identidade. E foi exatamente assim, que o município de Oliveira dos Brejinhos expressou a GIGANTESCA cultura desde a quinta-feira (26/11) até dia 29/11, onde tivemos 15 concursos do Edital Lei Aldir Blanc, abrangendo: Miss Brejinhos Infantil, Miss Brejinhos Juvenil, Miss 3ª Idade, Miss Brejinhos Adulto, Mister Brejinhos 2020, Concurso de Artesanato Carlon Cruz, Concurso de Pinturas, Concurso “O melhor careta da cidade”, Concurso de Manifestações Culturais, Concurso de Paródias, Concurso de Músicas Autorais, Concurso “O melhor hambúrguer da cidade”, Concurso de calouros Infantojuvenil, Concurso de Calouros Adulto, Concurso de Calouros Amador e Concurso de Música Gospel.

Observação: Oliveira dos Brejinhos foi o único município do estado da Bahia, que mesmo em maio a uma pandemia, a CULTURA não PAROU! Foram executados todos os projetos em formato de LIVE,! O trabalho foi pesado, mas a gente fez. , a gente fez. E o resultado está aí!

A EQUIPE

Aguardando…


CANAL YOUTUBE – PREFEITURA MUNICIPAL DE OLIVEIRA DOS BREJINHOS

AS PREMIAÇÕES

O Edital Cultural – Lei Aldir Blanc, 1ª Edição se soma às demais iniciativas de políticas no contexto de enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do COVID-19, atendendo a um dos princípios e objetivos orientadores da Política Municipal de Cultura que determina “a integração com as demais políticas públicas do município”. Em virtude de priorizarmos a cultura presente neste município, preparamos com muita cautela e comprometimento 15 concursos para atender a toda população brejinhense.

1. Concurso Musical de Calouros – Amador;

Premiações:

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

2. Concurso Musical de Calouros;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

3. Concurso Musical de Calouros Infanto-Juvenil;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

4. Concurso Musical de Paródias;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

5. Miss Brejinhos Infantil;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

6. Miss Brejinhos Adulto;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

7. Miss Brejinhos 2020;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

8. Miss Brejinhos 3a Idade;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

9. Miss Brejinhos Juvenil;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

10. Concurso de Manifestações Culturais: Reisado;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

11. Concurso de Artesanato “Carlon Cruz“;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

12. Concurso de Pinturas;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

13. Concurso “O Melhor careta da cidade”;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

14. Concurso gastronômico: “O melhor hambúrguer da cidade”;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

15. Concurso de Música Gospel;

1° lugar: 2.500,00
2° lugar: 1.500,00
3° lugar: 1.000,00

Da parte do Colégio Estadual Tiradentes, foi um prazer contribuir de alguma forma com a realização desse trabalho e se coloca à disposição para sempre compartilhar o espaço e tudo aquilo que for útil e necessário. É preciso registrar, inclusive, que boa parte dos participantes, independente do tipo de evento, são ou foram estudantes do citado colégio, além de muitos profissionais que nele atuam ou atuaram. A situação  requer todo o cuidado possível, mas algumas ações continuarão sendo necessárias para apoiar a produção artístico-cultural local e em geral.

Parabéns aos Participantes e Organizadores!


De minha parte – Carlos Dourado – e pelo Portal Oliveira dos Brejinhos, foi um grande prazer compartilhar os bastidores desse evento, com parceiros de profissão, de trabalho, de ideias… Dentre eles, Mário Ribeiro, Danilo Ormonde, Stéfane Leite, Pablo Borges, Rodrigo, Ismael, Bartô, Fred, Vilmar, Tom Bahia, Branco do Bom Sossego, Sulamita, Washington, Adilson, Joel, Batista Silva, Darilene, Moacir, Edvando, e mais uma braçada de gente que esteve e continua presente em boa parte de minha trajetória… Essa gente que participou dos desfiles, das exposições, da culinária, da música, das manifestações culturais tradicionais (folclóricas), às senhoras que se dispuseram a colaborar com sua presença, aos jurados, ao pessoal da saúde que também deu um valioso suporte…

Por que faço esses destaques? Porque continuaremos precisando desse povo, desses valores que muitas vezes ficam recanteados, independente de Pandemia. Que o olhar dos gestores e legisladores se voltem para valorar essa gente, nossa gente, que aguarda uma oportunidade. E todos sabem que, surgindo essa oportunidade, a riqueza que é trazida a público é excepcional!

Fechamos o ano de 2020 – um ano difícil em todos os sentidos – pelo menos com uma amostra de que Oliveira dos Brejinhos pode restaurar seus valores, suas manifestações, sua riqueza artística e cultural.

Um excelente 2021 a todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *